Voltar

130 Anos da Linha da Beira Alta

Pesquisar eventos

130 Anos da Linha da Beira Alta

De a
Pampilhosa, Mealhada
Esta exposição, a ter lugar no edifício da Junta de Freguesia da Pampilhosa, é uma organização conjunta desta entidade com o Grupo Etnográfico de Defesa do Património e Ambiente da Região da Pampilhosa - GEDEPA e alguns railfans, e com a qual se pretende assinalar os 130 anos da Linha da Beira...
A Linha da Beira Alta é uma linha ferroviária internacional que liga o entroncamento ferroviário da Pampilhosa (Linha do Norte) à fronteira com Espanha, em Vilar Formoso, com percurso paralelo ao eixo do rio Mondego. É a principal ligação ferroviária de Portugal com a Europa.
Com cerca de 250 quilómetros, esta linha é considerada uma das mais belas de Portugal, devido ao seu variado cenário, e à quantidade de túneis e pontes que atravessa (13 túneis, totalizando quase 4 quilómetros, e 14 pontes, com o comprimento total de mais de 1600 metros).
A construção da Linha da Beira Alta foi iniciada em Outubro de 1878 e concluída em Junho de 1882. A sua inauguração ocorreu em 3 de Agosto de 1882, tendo a obra sido deixada ao cargo de uma companhia suportada pela Societé Financière de Paris.

A 3 de Agosto de 1882, um comboio composto por onze carruagens, partiu da Figueira da Foz a meio da tarde, com a comitiva da família real.

Nele seguiam D. Luís, D. Maria Pia e os Infantes D. Carlos e D. Afonso. O comboio era antecedido por uma máquina isolada para prevenir algum acidente.

Mesmo ao fim da tarde, o comboio chegou a Mangualde onde se notou algum entusiasmo e a família real pernoitou até de madrugada.

O comboio partiu de madrugada e chegou à estação da Guarda perto das 10 horas. Nos apeadeiros, por onde passou, muita gente se ajoelhou à passagem da família real.

Após uma pequena paragem na Guarda o comboio seguiu viagem a caminho de Vilar Formoso.

Na recepção aos ilustres visitantes juntam-se também alguns Espanhóis.

Foi servido um almoço comemorativo da visita da família real, estando presente Fontes Pereira de Melo, num lugar de destaque.

A meio da tarde a comitiva retorna à Guarda e iniciava uma visita mais atenta à cidade e à catedral.

A presença da família real deu motivo a festas e manifestações de regozijo com vivas a Fontes Pereira de Melo.

Suas Majestades hospedaram-se no Governo Civil onde lhes foi servido um banquete de muitos talheres.

 

 

 
 
 


Onde Ficar Alojamento na Bairrada
Palace Hotel do Bussaco
Luso, Mealhada
O último palácio dos Reis de Portugal transformado no hotel mais lendário de Portugal, e num dos mais belos e históricos hotéis do mundo, bastião da...
Hotel Moliceiro
Vera Cruz, Aveiro
Em pleno centro da Cidade, romântico, familiar, e de design cuidado, esta unidade vive em harmonia com a envolvente zona de verde e de água, frente...
In Gold Hotel & SPA
Águeda
O In Gold Hotel & Spa é um Hotel de 4 estrelas de design contemporâneo, preparado para quem viaja em lazer ou negócios.
Esta unidade pauta-se...
Quinta das Lágrimas
Santa Clara, Coimbra
A Quinta das Lágrimas é muito mais que apenas um hotel de Charme. Ao conforto dos seus quartos e salas alia-se um passado histórico e uma lenda de...
  • Instituição
  • Desenvolvido por